Sede São Paulo - SP

Sede São Paulo – 2008

Construída para receber bem, a casa que pertenceu a Dona Veridiana Valéria da Silva Prado, desde 2008 abriga a sede paulistana do Iate Clube de Santos. Com seu jardim de 5 mil m² e espelho d’água, o palacete é ponto de encontro de sócios, especialmente em eventos sociais e reuniões da diretoria.

Endereço : Av. Higienópolis, 18 – Higienópolis – São Paulo – SP – CEP 01238-000 – Fone: 11 3155-4400

Origem
Construída em 1884, a sede administrativa do ICS foi adquirida em 2008. O casarão de dona Veridiana Valéria da Silva Prado é um retrato da riqueza da aristocracia paulista do café. Filha de um grande fazendeiro, o Barão de Iguape, Veridiana era uma mulher com espírito moderno e que dava grande importância para reuniões culturais e iniciativas intelectuais. Assim, ergueu o palacete com o objetivo de usar seus amplos salões como ponto de encontro para a sociedade da época. O ostensivo projeto, em estilo renascentista francês, teve todos os materiais trazidos da Europa e antes de se tornar parte do patrimônio do ICS, pertenceu ao elitizado São Paulo Clube.

Herança artística
Em 2009, foi produzido um livro com 99 peças pertencentes ao acervo da casa, cujo conjunto de objetos representa um magnífico exemplo de preservação da história e cultura do país em um de seus momentos de maior exuberância. Destacamos algumas obras de grande valor histórico como a pintura Aurora de Almeida Jr., a escultura A Fonte de Victor Brecheret e outra tela, com título desconhecido, de Cícero Dias.

Curiosidades
Dona Veridiana Prado trouxe, para São Paulo, o espírito dos salões parisienses onde artistas e grandes figuras da época se encontravam. Inclusive, transformar o local em um dos pontos de encontro para iniciativas culturais e reuniões intelectuais era um dos principais objetivos ao erguer a casa. Assim, com décadas de rica história, o casarão já recebeu importantes nomes como a princesa Isabel, em 1887, e Margaret Thatcher, ex-primeira ministra britânica, mais conhecida como a Dama de Ferro, em 1994, além de outros ilustres visitantes como os mais influentes pensadores, políticos e empresários. “A propriedade de D. Veridiana, lindíssima; casa à francesa, exterior e interior muitíssimo bonitos, de muito bom gosto. (…) Os jardins têm gramados dignos da Inglaterra, a casa domina tudo, há um lagozinho, plantações de rosas e cravos, lindos. Vim de lá encantada”, escreveu a princesa Isabel, em seu diário de viagem, após a visita.